Memorial Funeral Home fala sobre a vida e dilemas éticos no evento Death Coffee

Notícias 





Abordar questões complexas que envolvem dilemas bioéticos, aspectos morais sobre o processo de morrer, assim, como eutanásia, distanásia e suicídio assistido. Esses serão alguns temas do Death Coffee, evento realizado pelo Memorial Funeral Home no dia 14 de março.

“A temática não é só pertinente para quem trabalha com saúde mais diz respeito a todos nós como seres finitos, afinal, como desejamos e/ou podemos morrer? Por que alguns querem que o processo de morte aconteça mais rápido? Por que muitas vezes os atos que buscam a cura podem prolongar desnecessariamente o sofrimento?”, pontua o mediador do encontro, professor Erasmo Ruiz.

“Trata-se de uma oportunidade única para discutirmos, com base em nossas raízes culturais, sociais, espirituais e vivências hospitalares, as formas de se morrer e as possibilidades de lidar melhor com esse momento”, ressalta o especialista.

Podem participar do Death Coffee profissionais das áreas de saúde, entre eles médicos, psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, educadores, estudantes das áreas citadas e afins. Também é aberto ao público interessado no assunto.

Palestrantes

Participam do Death Coffee o professor adjunto da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Erasmo Ruiz, responsável por ministrar aulas nos cursos de Enfermagem, Serviço Social, Psicologia e Medicina; a coordenadora da residência multiprofissional em cancerologia do CRIO, psicóloga Emanuelly Mota; e a coordenadora de enfermagem das clínicas de Oncologia Hematologia e Terapia Biológica Oncovie e NOHC, enfermeira Sabrina Pamplona.

Sobre o Memorial Funeral Home

O Memorial Funeral Home oferece atendimento funerário humanizado e especializado em um dos momentos mais difíceis: a perda de entes queridos. Diante das dificuldades que os familiares enfrentam, se propõe a atender com empatia, dignidade e honestidade, com objetivo de aliviar as dores de parentes e amigos.

Ao longo dos anos, o Memorial tem como missão diminuir todo e qualquer transtorno decorrente da perda, desenvolvendo um serviço de qualidade, com profissionais habilitados e comprometidos, proporcionando acolhida a todos os clientes que buscam o serviço.

SERVIÇO

Death Coffee no Memorial Funeral Home

Data: 14 de março

Endereço: Av. Engenheiro Alberto Sá, 446, Papicu.

Horário: Das 8h às 12h

Evento gratuito

Informações: (85) 9 8185.9080 (deixei esse número, pois não tinha no material)

Inscrições em: https://deathcoffeeeutanasia.eventbrite.com.br